Visitas à Potycabana caíram 50% com a greve dos motoristas de ônibus imprimir publicado em: 26 / 05 / 2014

Com a greve dos motoristas e cobradores de ônibus, a dinâmica de milhares de teresinenses foi alterada desde a última sexta-feira (23). O Parque Potycabana, um dos pontos de lazer de maior movimentação, registrou neste final de semana uma redução de pelo menos 50% na média de visitantes.

poty“Desde quinta-feira da semana passada estamos percebendo redução de pessoas por aqui. No sábado, a movimentação foi baixa, e as paradas ficaram superlotadas até meia noite, sendo que os ônibus passaram até umas 19h”, relata o segurança do Parque, Francisco Jarbas.

Segundo Cleiandro dos Santos, auxiliar operacional da Potycabana, aos sábados costumam frequentar o local em média de 10 a 12 mil pessoas; e aos domingos, aproximadamente 8 mil. Porém, o funcionário contabiliza que o número de visitantes não ultrapassou os 5 mil no sábado, dia em que é registrado maior público, em sua maioria, formado por jovens e adolescentes.

Ontem (25), a maior parte dos visitantes do Parque eram famílias que possuem transporte particular e não necessitavam utilizar o sistema de transporte público. Os frequentadores que vão de ônibus ao ponto de lazer costumam chegar ao Parque por volta das 16h, conforme afirmam os funcionários.

Como também é usuária de ônibus, Raquel Rios, funcionária do Parque, sai do expediente às 22h15min e relata que na noite do último sábado o caos tomou conta das paradas de ônibus. “Moro no Monte Castelo, e posso pegar qualquer ônibus que passe pela Avenida Miguel Rosa, mas os poucos que passavam estavam lotados, principalmente os alternativos. O aperto e o desconforto foram gerais”, conta.

portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas