Wellington Dias acata candidatura própria do PT em Teresina imprimir publicado em: 13 / 01 / 2016

DiasUma estratégia para as eleições 2016 foi apresentada por representantes dos diretórios municipal e estadual do PT ao governador Wellington Dias nesta quarta-feira (13). O governador disse que acata e acha coerente a deliberação do partido por uma candidatura própria na capital e esclareceu que o nome da vereadora Rosário Bezerra está sendo colocado para concorrer como deputada estadual em 2018, e não à prefeitura este ano.

O encontro aconteceu nessa manhã no escritório do governo do Piauí, na residência de Wellington, na zona leste.

“Uma agenda foi pedida pelas direções municipal e estadual, deputados estaduais e vereadores. Aqui me fizeram uma apresentação de uma estratégia em que, diante da entrada do ano eleitoral, o partido está tomando a decisão de estimular uma candidatura própria e foram apresentados alguns nomes, como o da vereadora Rosário Bezerra, que tomou a decisão de não ser candidata a vereadora e colocar o nome para deputada estadual, nomes como o Daniel, secretário de Justiça e o secretário Merlong Solano”.

Wellington Dias disse que Merlong se posicionou e que, na verdade, ele estimula esse entendimento dentro da sigla, mas não quer colocar o nome para participar de uma disputa em um cenário de opções de boas candidaturas como as existentes.

Quanto as declarações do governador de aguardar uma posição do senador Elmano Férrer (PTB) sobre se vai se candidatar, o chefe do executivo estadual sustentou seu posicionamento de que deve esperar. “O senador Elmano tem manifestado uma dificuldade de uma candidatura. Cabe agora a ele, ao seu partido, a tomada de decisões. Compreendo, da mesma forma, nessa situação em que ele tem manifestado inclusive uma posição de não ser candidato, em que há uma tendência,  de além do PT, que tem candidatura própria, outros partidos também se colocarem com candidaturas em Teresina”.

merlong solano

Sobre as estratégias internas e os diálogos para o pleito eleitoral, o governador disse que partido está traçando um calendário,. “Até março o partido quer estar afunilando para uma candidatura única. Além disso. devem estar tratando de programa de governo, dialogando com outros partidos e como é o ano de eleição agora, nós vamos ter que cuidar do mapa eleitoral com o PT e com outros com os quais nós temos buscado dar sustentação a esse nosso projeto no Piauí”.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas