Wellington Dias evita ir ao MDB após rumores de anúncio de vice imprimir publicado em: 23 / 03 / 2018

wdO governador Wellington Dias (PT) não compareceu ao evento de filiações dos deputados Ismar Marques e Liziê Coelho ao MDB. A sede do partido estava lotada de lideranças que prestigiavam a chegada dos novos membros, mas também, aguardavam a possibilidade do petista fazer o tão esperado anúncio da vaga de vice.

As especulações de que Wellington iria para o vento para confirmar o nome do deputado Themístocles Filho na vaga são apontadas como motivo para o petista alterar a agenda. Ele não foi e deixou evidente que o esperado anúncio deve ocorrer somente em junho.

A vaga de vice é disputada pelo MDB e o Progressistas. O senador Ciro Nogueira não desistiu de indicar um nome para ser o vice de Wellington. Se a vice-governadora Margarete Coelho não permanecer na vaga, o partido pode indicar a esposa do prefeito Firmino Filho (PSDB), a primeira-dama Lucy Soares.

Themistocles diz não ter pressa pela definição da vaga. Segundo ele, uma decisão deve sair apenas no final de abril.

“Vamos deixar o governador decidir. Qualquer decisão deve ser anunciada apenas no final de abril”, declarou.

O presidente do MDB, Marcelo Castro, diz ser inadmissível que o MDB fique fora da chapa majoritária.

“É natural o MDB disputar a vice. Um partido do tamanho do MDB não pode ficar fora da chapa. A única vaga que nos sobra é a de vice, por isso, estamos brigando por ela”, disse.

evento

Cidadeverde.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas