Dias garante parceria para reforma do mercado do Renascença II imprimir publicado em: 12 / 08 / 2016

mercadoO governador Wellington Dias visitou o mercado municipal do Renascença II, na zona Sudeste de Teresina, nesta sexta-feira (12), onde será construído um novo espaço para os comerciantes da região. O Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado das Cidades, firmou parceria com a Prefeitura Municipal de Teresina para ampliação e a reforma do mercado. Ao todo, o convênio tem o valor de R$ 3.030.823,18 para investimentos em benfeitoria do local.

Durante a visita, Wellington ouviu dos permissionários do mercado e da população local pedidos para melhoria do espaço. “A gente visitando aqui vê o quanto a comunidade cobra essa obra”, comenta o chefe do executivo estadual.

“Os mercados são próprios dos municípios. Tão logo assumi o Governo do Estado, sentei com a Prefeitura de Teresina para realizar uma reforma aqui. A prefeitura já tinha um projeto em andamento, que ficou pronto este ano. Então, celebramos um convênio com o município, utilizando recursos oriundos do empréstimo com o Banco Mundial necessários para essa obra”, ressalta o governador.

Segundo a superintendente da SDU Sudeste, Márcia Santos, a Prefeitura de Teresina está concluindo os projetos complementares estruturais para ser encaminhado o processo de licitação. O processo deve ficar pronto em 90 dias e, após concluído todo o trâmite burocrático, a obra pode ser iniciada em, aproximadamente, 120 dias.

mercadoAinda de acordo com Márcia Santos, a construção será realizada em etapas para que o mercado não pare de funcionar e os feirantes não sejam prejudicados. “Vai ser feito o deslocamento dos feirantes em etapas para uma região próxima e a ideia é que ele continue funcionando para não afetar a renda dos feirantes e não prejudicar a população que precisa fazer compras”, declarou a superintendente da SDU Sudeste.

Projeto

No projeto de construção do novo mercado do Renascença II, estão previstos espaços próprios para a comercialização de frutas e verduras, frigoríficos e açougues, restaurantes, sorveterias, variedades, casa de construção, dentre outros. Além disso, o mercado ganhará espaço para a administração da unidade, sala de reuniões, novos banheiros, saneamento básico, rampas para abastecimento, subestação de energia, lixeira, dentro outras estruturas.

De acordo com o presidente da Associação de Moradores do Renascença II, Tonildo Braga, a obra do novo mercado vai beneficiar uma população de aproximadamente 15 mil habitantes. “Aqui, só de permissionários temos 89, mas com os feirantes livres esse número pode ultrapassar os 120 comerciantes”, informa Braga.

Segundo o secretário das Cidades, Fábio Xavier, na estratégia de construção do mercado existe a previsão de um diferencial no momento da execução do cronograma financeiro para evitar que a obra atrase. “Nós queremos, no momento do pagamento da obra, estar sempre com uma parcela na frente e, assim, evitarmos a paralisação das obras”, afirma o gestor.

Para o governador Wellington Dias, não existem motivos para cessar a parceria entre Estado e Município para execução de obras. “Essa obra é mais uma demonstração de que tem que ter trabalho para a população, independente de eleições. Acredito que as eleições em Teresina não vão atrapalhar as parceiras e que as obras que estavam em andamento vão continuar. Vamos fazer acontecer. Não é razoável parar o país por causa das eleições”, concluiu o chefe do executivo estadual.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Vale

últimas