Zé Santana assume e Rebelo sai da SASC e possivelmente do PT imprimir publicado em: 03 / 03 / 2017

Ze Santana

Na SASC, entra Zé Santana e sai Henrique Rebelo

Não adiantou muito o protesto dos funcionários da SASC pedindo pelo #FicaHenriqueRebelo. Ao contrário do movimento #FicaFrancisco, que manteve Francisco Costa secretário estadual de Saúde, esse não adiantou muita coisa não.

Aliás, os dois movimentos nem foram levados em consideração pelo governador Wellington Dias (PT). Até porque foram mais vistos como deboche por parte da oposição. Onde já se viu protesto por ‘fica’ de secretário dar resultado em detrimento à um apoio que pode garantir a reeleição do governador Wellington Dias (PT)?!

Mas, voltando ao assunto SASC, o deputado Zé Santana assume como indicado do PMDB. Henrique Rebelo deve ser exonerado e voltar para uma cadeira na Assembleia Legislativa. Por ser terceiro suplente e ter muuuita gente em cargo no Governo, não atrapalhará seus planos como deputado estadual. Aliás, vai é ajudá-lo.

Henrique Rebelo vai aproveitar a volta à Alepi para fortalecer suas bases em busca de votos para garantir, agora de fato, sua eleição em 2018. Rebelo teve 18.790 em 2014 e ficou pertinho das 30 cadeiras titulares. Agora pensa num plano político estratégico diferente e, devido à concorrência com outros nomes dentro do PT, pode mudar de partido.

Sim. Ele pode sair do Partido dos Trabalhadores. Mas numa boa, sem atrito com o governador. Disse até que se for mudar mesmo vai para um partido da base aliada. É uma questão de sobrevivência política, pensando sobretudo no estudo do coeficiente. O PTC, do deputado estadual Evaldo Gomes, é um dos caminhos pensados por Henrique Rebelo.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas