Audiência pública discute fechamento de agências bancárias em Teresina imprimir publicado em: 26 / 04 / 2017

audienciaA Câmara Municipal de Teresina realizou nesta quarta-feira (26), uma audiência pública para discutir o fechamento de agências bancárias localizadas em bairros periféricos da capital.

Desde o ano passado a população tem reclamado do fechamento de algumas agências bancárias na cidade. No último mês de dezembro, moradores da zona norte junto com o Sindicato dos Bancários chegaram a realizar uma manifestação em frente a uma das agência fechadas do Banco do Brasil, a agência da Av. União, no bairro Memorare.

O vereador Venâncio Cardoso (PP), durante a audiência, mostrou seu apoio à categoria dos bancários e falou que a população teresinense tem reclamando da situação e quer que o poder público traga alguma solução para a situação o quanto antes. “Me coloco ao lado da população que reclama, que tem suas dificuldades por causa do fechamento dessa agências, não só a população, mas também comerciantes e empresários de regiões próximas a essas agências que serão prejudicados. A população não pode ser prejudicada e temos observado o quanto estão insatisfeitos com a situação”, disse.

audienciaO proponente da audiência pública, vereador Caio Bucar (PSD), pediu para as autoridades presentes para que as agências fechadas sejam reabertas e que atendimento a população daquele local seja restabelecido. “Quando o vereador cobra, digamos assim, de uma forma mais dura, é porque nós estamos andando pela cidade, somos nós que temos um contato mais direto com a população. Quero deixar meu pedido para que essas agências sejam reabertas. A agência do Água Mineral, por exemplo, atende quase trezentos mil habitantes”.

De acordo com o superintendente estadual do Banco do Brasil no Piauí, Pio Gomes de Oliveira Júnior não existe mapeamento de fechamento de agência do Banco do Brasil em Teresina, o que está havendo, segundo o superintendente, é que as agências estão passando por um processo de modernização.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

0 comentário Comente agora!

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas