Mobilidade urbana e educação são prioridades no orçamento de Teresina imprimir publicado em: 13 / 07 / 2017

camara de teresinaA Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de Teresina para 2018 foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal de Vereadores. O projeto aprovado prevê recursos de cerca de R$ 1,5 bilhão, que devem ser investidos especialmente na área de mobilidade urbana e educação.

O secretário executivo de orçamento e gestão de Teresina, Francisco José Xavier, explicou que parte do dinheiro previsto depende da liberação do governo federal. Já o restante deve ser de recurso próprio da prefeitura e através de empréstimos.

“Com a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias, cabe agora a prefeitura alocar os recursos na Lei Orçamentária Anual, que será encaminhada para a Câmara Municipal até o dia 30 de agosto, juntamente com o nosso Plano Plurianual”, disse o secretário.

Segundo Francisco Xavier, no período de 2013 a 2017, a receita da prefeitura aumentou em torno de 39%, por outro lado, também a despesa subiu 49%. Por este motivo a prefeitura tem contato com recursos extras para manter a folha de pagamento, fornecedores e os investimentos necessários para tornar a cidade sustentável.

“Os principais projetos previstos com os recursos são de mobilidade urbana e educação, como a requalificação das vias públicas, construções de pontes e viadutos, além da ampliação das escolas de tempo integral”, acrescentou.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Esporte

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas