domingo, 16 de junho de 2019
86 98179 0860
Geral

11/05/2019 às 20h54

Redação

Teresina / PI

Mais de 50 condutores são flagrados acima da velocidade em cerca de 3 horas na BR 343
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, alguns veículos chegaram a 200 km/h durante a fiscalização que aconteceu em trecho da rodovia entre as cidades de Campo Maior e Cocal de Telha.
Mais de 50 condutores são flagrados acima da velocidade em cerca de 3 horas na BR 343

Mais de 50 condutores foram flagrados acima da velocidade em cerca de 3 horas de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nessa sexta-feira (10), na BR 343 entre os municípios de Campo Maior e Cocal de Telha, Norte do Piauí. De acordo com a instituição, alguns veículos chegaram a 200 km/h, velocidade bem acima do permitido na rodovia.


Segundo a PRF, 55 condutores foram autuados durante 2 horas e 50 minutos de operação. As infrações foram detectadas com radares. A intenção é reduzir acidentes causados por excesso de velocidade e mortes em rodovias no estado.


Conforme PRF, quem excede a velocidade em até 20% da velocidade máxima permitida é autuado em R$ 130,16. Quem excede velocidade entre 20% a 50% da velocidade máxima permitida é autuado em R$ 195,23.


Quem excede a velocidade em mais de 50% da velocidade máxima permitida é autuado em R$ 880,41 e tem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa.


A PRF registrou um grande número de infrações desta natureza, tendo, somente nos primeiros meses deste ano, flagrado 5.276 condutores com o veículo em excesso de velocidade para o local durante 300 horas de operação.


 

FONTE: G1 Piaui

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium