domingo, 15 de setembro de 2019
86 98179 0860
Polícia

28/05/2019 às 14h59

Redação

Teresina / PI

11 pessoas são presas acusadas de feminicídio e homicídio no Piauí
A operação Chronos II se estende até as 15 horas e foi deflagrada no Piauí e em mais 20 estados e no DF. Medidas protetivas são verificadas
11 pessoas são presas acusadas de feminicídio e homicídio no Piauí
O delegado Matheus Zanatta deu detalhes da ação - Foto: Poliana Oliveira/O Dia

Onze pessoas foram presas em ação da Polícia Civil. Elas foram localizadas nas cidades de Teresina, Parnaíba, Oeiras, Água Branca, Uruçuí e Baixa Grande do Ribeiro. A Secretaria de Segurança divulgou os nomes de oito dos 11 detidos. São eles de: Enoque Vale de Carvalho, Francisco Wellinthon da Silva Pinheiro, Glauber Holanda Moura, Francinaldo da Costa Lima - acusado de homicídio, Danilo Silva Leal, Matheus de Sousa Araújo - acusado de latrocínio em Água Branca, Cícero Vieira Barbosa e Aldivan Glauber Barbosa.

O que chama atenção é um dos presos, Francisco Wellinthon da Silva Pinheiro, é acusado de cometer pelo menos quatro homicídio no Piauí e no momento de sua prisão ele encontrado de posse de um revólver calibre 38. "É um indivíduo de alta periculosidade, que já tinha condenações e além do cumprimento de seu mandado de prisão, ainda o autuamos em flagrante pela posse ilegal de arma de fogo", explicou o delegado Matheus Zanatta, gerente de polícia especializada da Polícia Civil do Piauí.

De acordo com ele, boa parte dos crimes de homicídio praticados pelos acusados ocorreram em razão de rixas do tráfico de drogas. Zanatta pontua que a briga por espaços e as dívidas pela venda de entorpecentes estão entre os principais fatores relacionados às mortes violentas no Piauí. "A droga, ela traz como consequência outros tipos de crime. Esses homicidas matam porque são rivais ou porque houve briga ou até mesmo por causa de uma compra não paga. Por isso juntamente com o cumprimento de mandados, a Delegacia de Entorpecentes tem trabalhado nas barreiras para evitar que essa droga circule aqui no estado", frisou o delegado.

Além do crime de homicídio, a ação mira também em acusados de latrocínio e estupro de vulnerável. Com relação ao à violência doméstica e casos de feminicídio, a polícia estás verificando o cumprimento de medidas protetivas. Esta fase da operação Chronos II se estende até o final da tarde, mas deve continuar nos próximos dias, mirando em novos alvos.



FONTE: Portal O Dia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium