domingo, 15 de setembro de 2019
86 98179 0860
Cidades

03/07/2019 às 09h11

Redação

Teresina / PI

Setut admite falha técnica que cobrava passagens mais caras
Para serem ressarcidos, os usuários que tiverem sido prejudicados devem ir até o Setut a partir desta quarta-feira (3) com o passe e um documento de identificação
 Setut admite falha técnica que cobrava passagens mais caras

Uma falha técnica no sistema de recargas do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut) causou transtornos a usuários de transporte coletivo nesta segunda (1) e terça-feira (2). Estudantes informaram que o sistema de leitura do cartão de créditos de passageiros estaria cobrando um valor superior ao atual da meia passagem, previsto em lei.

Estariam sendo descontados R$ 1,80 valor superior ao que atualmente é cobrado na meia passagem para estudantes, que custa R$ 1,28. Atualmente o valor  integral da passagem é de R$ 3,85.

Nesta terça-feira (2), o estudante Paulo Ricardo Sousa, 21 anos, embarcou em uma van que fazia o percurso do Angelim à Vila Bandeirantes quando foi alertado da cobrança alterada. “Quando fui pegar o ônibus meio-dia o cobrador me mostrou que a máquina estava cobrando R$ 1,80. Ele me orientou ir ao Setut fazer a reclamação”, contou o estudante da Universidade Estadual do Piauí.

O mesmo teria ocorrido com a jovem Eduarda Araújo, 21 anos. Ela informou que ontem (1) desconfiou de uma cobrança a mais, fato que foi confirmado nesta terça (2).

“Quando peguei o ônibus às 18h30, olhei rápido e pensei ter visto errado. Um dia depois quando peguei o ônibus meu saldo era de R$ 1,64 e a máquina disse que meu saldo era insuficiente. O cobrador chegou a gravar um vídeo para mostrar que a máquina estava cobrando errado”, contou a estudante que utiliza o terminal do Bela Vista.

Falha Técnica

Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut) confirmou uma falha técnica no sistema de recargas que teria debitado valores nos cartões acima dos previstos em lei.

Para serem ressarcidos, os usuários que tiverem sido prejudicados devem ir até o Setut a partir desta quarta-feira (3) com o passe e um documento de identificação

Esclarecimento

O SETUT (Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina) esclarece que devido a problemas técnicos o valor da tarifa meia dos estudantes que recarregaram nessa segunda-feira (1º) e na terça-feira (2) pela manhã foi computado acima do valor previsto em lei. A entidade solicita que os estudantes, munidos do cartão e documento de identificação com foto, procurem a sede do SETUT, a partir desta quarta-feira, dia 3, para solucionar o problema. Caso tenha sido debitado valor acima da meia passagem, os estudantes não serão prejudicados, pois haverá ressarcimento.

FONTE: Cidade Verde

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium