Segunda, 22 de abril de 2019
86 98179 0860
Tecnologia

24/01/2019 às 14h40

Redação

Teresina / PI

Com aumento de 30% nas vendas em 2018, Huawei almeja ser líder no mercado de smartphones
Segundo executivo, companhia planeja tomar o posto da Samsung como maior vendedora de celulares do mundo em 2020. Foram 200 milhões de aparelhos no ano passado.
Com aumento de 30% nas vendas em 2018, Huawei almeja ser líder no mercado de smartphones

A chinesa Huawei não para de crescer, apesar de forte pressão de governos no ocidente. Um executivo da gigante chinesa disse nesta quinta-feira (24) que a venda de smartphones Huawei cresceu 30% em 2018, ultrapassando 200 milhões de aparelhos.

A empresa espera se tornar líder no mercado de celulares em 2020, ultrapassando a coreana Samsung.

"Este ano, na melhor das hipóteses, ou ano que vem, no mais tardar, nós seremos número 1", afirmou Pequim Richard Yu, presidente da divisão de celulares, computadores e tablets da Huawei. Em Pequim, ele disse a repórteres que a empresa fará isso mesmo sem o mercado norte-americano.

A empresa já havia tomado o lugar da Apple em 2018, se tornando a segunda empresa em participação no mercado de smartphones. Os celulares da Huawei são amplamente populares na China, bem como em outros países da Ásia como Japão, Malásia e Tailândia. Vendas na Europa e outras regiões do mundo estão crescendo.

Além dos celulares, a Huawei vendeu mais de 100 milhões de devices inteligentes, como smartwatches e tablets. O faturamento total cresceu para US$ 52 bilhões, alta de 40% em relação às vendas de 2017.

A companhia também afirmou que irá aproveitar o momento para lançar no próximo mês um celular dobrável já com tecnologia 5G.

Tensões no Ocidente

O anúncio de Yu acontece em um momento de tensão para a Huawei. No final de 2018, a diretora financeira da empresa, Meng Wanzhou, foi presa no Canadá e os Estados Unidos restringem o acesso da Huawei ao mercado, alegando que seus produtos podem ser usados pela China para espionagem. A Huawei afirma que a alegação é infundada.

Os Estados Unidos aguardam a extradição da executiva, que foi detida sob alegações de

Diretora financeira da Huawei é presa
Por que a Huawei virou alvo de vários países e teve executiva presa no Canadá

"Nossos clientes tem confiança em nós", disse Richard Yu, diretor da divisão de consumo da Huawei. "São apenas políticos tentando colocar pressão sobre nós".

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Tecnologia e games

Tecnologia e games

Blog/coluna Tudo sobre tecnologia e games em um só lugar!
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium