Operação Saturação: novas prisões podem acontecer em Campo Maior imprimir publicado em: 15 / 07 / 2017

operaçãoOs três presos e o menor apreendido na tarde de sexta-feira (14/07) durante a Operação Saturação, no bairro Cariri e Matadouro, em Campo Maior, têm envolvimento com as gangues que patrocinavam os tiroteios nos dois bairros. A investigação, no entanto, não aponta que eles tenham relação com a morte de Marcílio Freire, assassinado no mês passado na disputa pelo tráfico.

“Eles não possuem relação com a morte no Matadouro, mas tem envolvimento com os tiroteios realizados na cidade”, esclareceu o delegado Andrei Alvarenga. O delegado do 1º DP de Campo Maior afirma que as investigações continuam e acredita que as prisões intensificarão os trabalhos.

“Nós já vínhamos trabalhando muito forte nessa investigação. Agora com essas prisões ela (investigação) vai andar muito mais rápido”, disse. Andrei afirma que novas prisões devem acontecer. “Os trabalhos estão bem avançados. Vamos em breve prender novos suspeitos para desarticular esses grupos”.

A operação
A Operação Saturação cumpriu sete mandados de busca com a Polícia Militar e canil do BPRONE. Foram presos: Antônio Francisco Bento, seu irmão Antônio Guilherme e Tiago Paulino da Silva e ainda um menor foi apreendido. Os policiais encontraram com os presos uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 38 e uma quantia de drogas e dinheiros em bocas de fumo dos Bairros Cariri e Matadouro. Uma mulher levada à Delegacia durante o cumprimento dos mandados foi liberada após depoimento.

Em nota, a Delegacia Regional de Campo Maior afirma que as duas armas foram utilizadas nos tiroteios registrados nas últimas semanas em Campo Maior.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Biocentro

últimas