Landim teve R$ 4,5 mi de emendas liberadas antes da votação imprimir publicado em: 15 / 07 / 2017

Paes LandimDeputados federais que votaram contra o relatório favorável a denuncia de corrupção passiva praticada pelo presidente Michel Temer (PMDB), receberam em junho, R$ 134 milhões de emendas parlamentares. Os números foram divulgados pela ONG Contas Abertas e mostrou que o valor das emendas liberadas em junho é quase 20 vezes maior o que foi liberado entre janeiro e maio deste ano.

Entre os piauienses que votaram a favor de livrar Michel Temer (PMDB) das acusações, Paes Landim (PTB) recebeu em emendas parlamentares em junho, R$ 4.542.143,75. Maia Filho (PP), apesar de ter votado a favor do presidente, não recebeu emendas em junho. Ele é do PP e o partido já fechou questão em apoio ao presidente. O valor que Paes Landim recebeu em emendas é próximo aos R$ 5,1 milhões, o maior valor liberado a um parlamentar, no caso, Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG).

A análise das denúncias contra Temer (PMDB) no Plenário da Câmara dos Deputados será em 2 de agosto. A expectativa é que mais valores sejam liberados até lá, para os parlamentares que apoiem o arquivamento das denuncias contra o presidente. A liberação dos recursos foi interpretada pelo deputado Luiz Zveiter (PMDB-RJ), relator do processo na CCJ como uma forma de obstruir as investigações.

Segundo o site da ONG Contas Abertas, ao todo, R$ 2 bilhões foram empenhados só no mês passado para parlamentares de 27 partidos e bancadas estaduais. Os pemedebistas contaram com R$ 284,2 milhões empenhados para emendas de seus parlamentares. Já as bancadas do Maranhão, Rio Grande do Norte e Roraima tiveram empenhados R$ 220,4 milhões empenhados em junho e contabilizaram seis votos a favor de Temer na Comissão.

portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Esporte

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas