Professor é demitido após denúncia de abuso em escola imprimir publicado em: 17 / 05 / 2017

dpca

DPCA

Cinco alunas de uma escola particular de Teresina registraram Boletim de Ocorrência contra um professor que estaria abusando sexualmente das estudantes. As meninas, acompanhadas dos pais, denunciaram o caso nesta terça-feira (16) à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

A advogada de uma das alunas relatou que os abusos ocorriam nos corredores da escola. O professor, que ministra aulas de Física, apalpava o corpo das estudantes. 

“As alunas contam que o professor chegou a pegar em seus seios, coxas e nas suas partes íntimas. O professor fazia os toques com a mão e também com a ajuda de um apagador de lousa”, relata a advogada Larissa Martins.

Um das alunas supostamente assediadas contou que, ainda na manhã de terça-feira (16), o professor a assediou.

“Ele apalpou o meu seio e depois saiu pelo corredor como se nada tivesse acontecido”, relembra a estudante. Os assédios, segundo as estudantes, acontecem há pelo menos um mês.

As alunas assediadas têm idade entre 15 e 16 anos e são todas alunas do 1º ano do Ensino Médio.  Elas foram à DPCA ainda fardadas com o uniforme da escola e estavam assustadas com os abusos do professor. Durante os registros dos Boletins de Ocorrência parte delas chegou a chorar.

Após a denúncia, as alunas foram encaminhadas para serem submetidas a exames no Serviço de Atendimento à Vítimas de Violência Sexuais (Samvis). A delegada da DPCA, Luana Alves, informou que colheu o depoimento das estudantes e acionará a escola e o professor suspeito de abuso sexual. Imagens do circuito de câmera dos corredores do colégio serão solicitadas para averiguação.

Atualizada às 16h44

A assessoria de imprensa da escola onde teria ocorrido os abusos admitiu que está “consciente da situação”  e hoje mesmo demitiu o professor dos quadros do colégio. Durante a demissão, o suspeito negou as acusações.

A escola informou, ainda, que irá contribuir com as investigações e disponibilizará as imagens do circuito interno da instituição à DPCA. Um advogado do colégio também foi colocado à disposição dos pais dos alunos e os acompanharão nos trâmites jurídicos.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Esporte

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas