Senador Aécio Neves é alvo de operação da Polícia Federal imprimir publicado em: 18 / 05 / 2017

PF

Equipes da PF e do MPF em frente ao prédio de Andrea Neves, irmã de Aécio, em Copacabana (Foto: Leslie Leitão/TV Globo)

A PF (Polícia Federal) cumpre mandados de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira (18) em endereços no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em Brasília ligados ao senador Aécio Neves (PSDB-MG), presidente nacional do PSDB.

Os policiais também se deslocaram para um endereço da irmã de Aécio, Andrea Neves, em Copacabana, segundo o jornal “Folha de S.Paulo”. Outros alvos da operação são: o senador Zezé Perrella (PMDB-MG), o deputado Rocha Loures (PMDB-PR) e Altair Alves, conhecido por ser braço direito do deputado Eduardo Cunha.

aecio neves

Na noite de ontem Aécio Neves foi visto lendo o noticiário no celular e, em seguida, deixou o Congresso. (Foto: Jorge William / Agência O Globo)

Há informações sobre a presença de policiais federais no Congresso, os alvos dos mandados seriam os gabinetes de Aécio e Perrella. A ação policial ocorre no âmbito da Operação Lava Jato e foi autorizada pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Buscas e apreensões também ocorrem na Procuradoria-Geral Eleitoral.

A informação é de que a operação estava programada e teria sido antecipada depois das revelações feitas na quarta-feira (17) pelo jornal “O Globo” de que o senador foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley Batista, dono da empresa JBS.

Em nota publicada ontem, Aécio disse que estava “absolutamente tranquilo quanto à correção de todos os seus atos”. “No que se refere à relação com o senhor Joesley Batista, ela era estritamente pessoal, sem qualquer envolvimento com o setor público”.

Segundo o comunicado, o senador aguardava ter acesso ao conjunto das informações para prestar todos os esclarecimentos necessários.

uol.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas